fbpx

Mitos e Verdades sobre Convulsão Febril

A Convulsão Febril é um tema cercado por mitos e informações confusas, por isso conheça alguns pontos que esclareceremos abaixo! 🧠

1 – Toda febre causa convulsão?

MITO. Nem toda febre desencadeia convulsão, pois a convulsão está mais associada a picos rápidos e elevados de temperatura do que à febre em si.

2 – A convulsão febril é contagiosa?

MITO. A convulsão febril não é uma condição infecciosa e não pode ser transmitida de uma pessoa para outra.

3 – A convulsão febril pode causar epilepsia?

VERDADE. Há situações em que certos fatores, como histórico familiar de epilepsia, lesões cerebrais prévias, convulsões prolongadas ou outras condições neurológicas, podem aumentar ligeiramente o risco de uma criança com convulsão febril desenvolver epilepsia no futuro.

4 – A convulsão febril pode ser diagnosticada com o EEG?

PARCIALMENTE VERDADE. diagnóstico de convulsão febril geralmente é feito com base na história clínica e no exame físico, mas em certas circunstâncias, o EEG pode ser solicitado para uma avaliação mais aprofundada.